Notícias
19.09.2017 - 15:14
Como lidar com conflitos na organização
Texto e fotos: Rossane Araújo

Servidores do Instituto de Recursos Humanos (IRH) e da Fundação de Aposentadorias e Pensões de Pernambuco (Funape) participaram do curso in company “Administração e mediação de conflitos nas organizações”, promovido pelo Centro de Formação dos Servidores do Estado (Cefospe). As aulas foram ministradas no auditório do IRH entre os dias 11 e 15 de setembro. 

Durante as aulas, foram realizados exercícios individuais e coletivos, além de atividades práticas com o objetivo de identificar métodos que ajudem na melhor comunicação entre os servidores e na mediação de conflitos que são inerentes a qualquer pessoa. 

É comum surgirem desacordos, choques e discordâncias dentro do ambiente corporativo. Esses conflitos tendem a ser destrutivos quando são de origem pessoal. “A pessoa deixa de focar na organização e passa a mirar nas indiferenças com o outro, o que atrapalha na evolução da equipe”, explica a pedagoga e instrutora do Cefospe, Irenilda Magalhães. 

Para desenvolver a capacidade de reflexão dos participantes, a instrutora utilizou a metodologia da problematização visando trabalhar experiências e situações vividas no cotidiano do serviço. “A turma estava bastante participativa e interessada. Compartilharam suas vivências e tentamos aplicar os métodos na prática”, comenta Irenilda. 

Os servidores desenvolveram ferramentas para auxiliar tanto na administração como na mediação dos conflitos. “O curso foi muito interessante e teve muito proveito. O aprendizado aqui eu vou colocar em prática para o meu grupo de trabalho”, relata o servidor Marivaldo Silva, do Hospital dos Servidores do Estado (HSE). 

“É preciso quebrar tabus e entender que conflito não é sinônimo de confusão, de briga, mas de crescimento”, esclarece a instrutora Irenilda. Ela reforça que essas discussões podem ser construtivas, pois possibilitam o surgimento de novas ideias e melhoram o relacionamento no ambiente organizacional.

 
Voltar