Logo Condepe Notícias

25.11.2021 - 10:25
Entidades metropolitanas reativam fórum e Condepe/Fidem assume vice-presidência

 

A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem foi eleita ontem (24), para assumir a primeira vice-presidência do Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas.  A nova diretoria do Fnem concorreu em chapa única, composta ainda pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Agência RMBH), que ficou com a presidência, e, a Coordenação da Região metropolitana de Curitiba – Comec-PR, eleita para a segunda vice-presidência. O mandato ocorrerá por dois anos, sendo possível uma recondução.

 

A eleição ocorreu durante reunião on line, promovida pela Agência RMBH, com a participação de representantes de cerca de dez entidades metropolitanas atuantes no País, entre elas Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ), Campinas (SP), Sorocaba (SP), Cuiabá (MT), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA), Vale do Aço de Minas Gerais (MG) e Fortaleza (CE). O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant também participou do evento, que teve na pauta, a reativação do Fnem, para a construção de uma rede de debates e compartilhamento de temáticas e desafios sobre as regiões metropolitanas.

 

Para o diretor de Governança Metropolitana Interfederativa da Agência Condepe/Fidem, Luiz Quental Coutinho, é muito importante a retomada dos trabalhos do fórum nacional, pois enriquecerá  mais efetivamente as discussões sobre políticas públicas de desenvolvimento urbano. “Esta reativação do Fnem ganha uma importância muito grande para sanarmos em conjunto, os problemas que afligem as regiões metropolitanas do Brasil. Quanto maior a participação mais rica será a interlocução”, ressalta o diretor. Já a diretora geral da Agência RMBH, Mila Costa, enfatizou a importância do Fórum, afirmando que é uma oportunidade única de diálogo e aprendizado. “É um imenso privilégio presidir um fórum que tem o desafio de enfrentar os grandes temas do planejamento metropolitano”, comenta a gestora mineira. 

 

“Não haveria um momento mais oportuno para a retomada desse trabalho junto às instituições metropolitanas, especialmente pelos desafios atuais e futuros de reestruturação econômica, manutenção de serviços como o transporte coletivo, crise hídrica e ambiental, e tantas outras demandas que afetam as cidades conurbadas e que necessitam de um debate mais amplo e produtivo”, enfatiza o diretor-presidente da Comec-PR, Gilson dos Santos.

 

Os participantes da reunião puderam avaliar ajustes nos estatuto e regimento interno do Fnem. Foi agendada uma próxima reunião do grupo para o dia 15 de dezembro, quando será estabelecido um cronograma para as atividades a serem realizadas em 2022. As entidades metropolitanas integrantes do fórum têm até o dia 08 para encaminharem contribuições e sugestões de temáticas prioritárias a fim de consolidar o Plano de Trabalho.

 

O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Grant, fez o encerramento do encontro promovendo reflexões sobre a importância do fórum como um espaço de discussão de temáticas metropolitanas, como a mobilidade e a habitação, que afetam a vida de toda a população. “Nele podemos construir alternativas e buscar as soluções concertadas entre os campos técnico e politico”, complementou Grant.

 

O FNEM é uma associação civil sem fins lucrativos instituída em 1995, em Porto Alegre. Congrega entidades e órgãos públicos estaduais responsáveis por temas relacionados às regiões metropolitanas brasileiras.

Com sede itinerante, o FNEM objetiva promover a valorização do planejamento e gestão do espaço metropolitano, bem como a participação efetiva de organismos metropolitanos na formulação e implementação das políticas de desenvolvimento urbano e regional.

Voltar